Notícias Corporativas

Queda de cabelo: mulheres são 40% dos pacientes

DINO
Escrito por DINO
Queda de cabelo: mulheres são 40% dos pacientes
Visto por mais de 3.000 pessoas

Receba acesso a Dezenas de Workshops, Artigos, Cursos e vagas na área de data science.

A alopecia é uma condição que afeta homens e mulheres e ocorre por diversos fatores. Sejam genéticos, decorrentes de questões hormonais ou ambientais. De acordo com dados da Sociedade Internacional de Cirurgia de Restauração Capilar (ISHRS), as mulheres já representam cerca de 40% dos pacientes que buscam tratamento. Informações da publicação Anais Brasileiros de Dermatologia dão conta que a incidência aumenta de acordo com a idade, sendo de 8% entre 20 e 29 anos e 32,2% das mulheres entre 60 e 75 anos.

Ainda segundo o estudo, fatores como sedentarismo, vida em regiões urbanas e hipertensão arterial agravam a condição. O Portal do Ministério da Saúde informa que é possível prevenir ou evitar a alopecia com a melhora na qualidade de vida e com alguns medicamentos, utilizados sob supervisão de um especialista, mas que há casos em que o Implante é a solução mais adequada.

Médico cirurgião especialista em transplante capilar, o Dr. Álvaro Fortes explica que o transplante capilar feminino é um procedimento seguro e minimamente invasivo. As técnicas avançadas permitem que os cirurgiões removam unidades foliculares saudáveis ​​de áreas doadoras, geralmente na parte de trás da cabeça, selecionando os fios aptos ao transplante e consequentemente os implantando na área receptora.

“Os folículos transplantados são cuidadosamente selecionados para garantir que correspondam ao tipo e textura do cabelo original, gerado em um aspecto natural e harmonioso. O transplante capilar feminino é uma solução permanente para a queda de cabelo”, afirma o médico.

O Ministério da Saúde informa também que a utilização de medicamentos ou produtos sem orientação médica pode trazer efeitos adversos e é necessário procurar um especialista caso o paciente observe fatores como aumento na queda de cabelos, couro cabeludo com ardência, vermelhidão ou coceira e sinais de caspa aparente nos fios e roupas.

Por fim, o Dr. Álvaro Fortes reforça a precaução quanto à escolha pelo transplante: “o transplante capilar feminino é um procedimento confiável e amplamente realizado por profissionais preparados. No entanto, é fundamental que as mulheres interessadas no transplante capilar busquem orientação médica especializada e escolham uma clínica renomada, garantindo assim um resultado seguro e orientado”.

Para saber mais sobre os procedimentos de transplante capilar feminino, basta acessar: https://www.tuliohairtransplant.com.br/a-clinica

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.