Notícias Corporativas

Crise geopolítica pode impulsionar uso de energias renováveis

DINO
Escrito por DINO
Crise geopolítica pode impulsionar uso de energias renováveis
Junte-se a mais de 3.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre Data Science

Para além da perda de milhares de vidas humanas, a guerra entre a Rússia e a Ucrânia, iniciada no dia 24 de fevereiro, provocou uma crise geopolítica no Leste Europeu e trouxe à tona, entre outros fatores, o problema com o abastecimento de gás.

Com isso, o preço da energia vem subindo na região, o que faz com que diversos países busquem alternativas, como as energias renováveis. Segundo a Associação Solar Alemã, a instalação de painéis solares no país avançou 22% no primeiro semestre de 2022 em relação ao mesmo período no ano passado, conforme informações compartilhadas com a CNN Business.

No Brasil, embora distante do conflito militar, a adesão às energias renováveis ganha aderência impulsionada por fatores como a busca por economia e a crescente preocupação ambiental. 

Gabriel Barata, CEO da Luso Solar, marca do grupo Gota Solar que atua com fabricação e venda de painéis de energia fotovoltaica e que recentemente trouxe novas tecnologias europeias para atuar no setor brasileiro, explica que investir em tecnologias para o segmento de energia solar traz para o país um grande avanço no cenário de energia limpa e contribui para um planeta mais habitável.

Para Barata, a energia renovável é a energia do futuro, o que inclui a solar. “Ela pode ajudar a revolucionar tudo o que conhecemos, fazendo parte da geração de energia sustentável – ou seja, não prejudicial ao meio ambiente – de postos, ilhas, hospitais, zonas rurais afastadas, estacionamentos, shoppings, indústrias, estádios, veículos, estradas, usinas, setor público e assim por diante. As possibilidades são ilimitadas e promovem o bem-estar no mundo todo”.

A transição para energia limpa é o caminho para um país mais sustentável, afirma o CEO da Luso Solar. “As fontes de energia renovável são reabastecidas pela natureza e emitem pouco ou nenhum gás de efeito estufa ou poluentes no ar”.

Ele observa que o Brasil possui alto potencial de geração de energia solar. “Enxergamos um mercado superaquecido em expansão com muitas possibilidades para o segmento de energia renovável”. Apesar disso, o empresário da Luso Solar destaca que o mercado brasileiro enfrenta um momento delicado, com leis que podem inibir o consumidor a aderir a energia sustentável, possibilitando um possível recuo para o setor. “Além disso, muitas empresas despreparadas estão atuando, lesionando os clientes com prestação de serviço de baixa qualidade”.

Para mais informações, basta acessar: https://www.lusosolar.com.br/

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.