Notícias Corporativas

Startups brasileiras participam de programa de aceleração

DINO
Escrito por DINO
Startups brasileiras participam de programa de aceleração
Junte-se a mais de 3.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre Data Science

Lançado em de maio de 2022, o Open Innovation Gnatus é um programa de aceleração de Odontologia, 100% on-line e com duração de 12 semanas, realizado pela Gnatus, em parceria com a Harena Inovação, hub do Hospital de Amor de Barretos. No final de julho, foi realizada mais uma etapa do programa – o bootcamp, evento presencial com duração de três dias de imersão que contou com a participação de especialistas em inovação na área da odontologia e saúde, em Barretos (SP), no IRCAD América Latina. Ao final, as startups já preparadas participam do pitch para uma banca de convidados, no dia 22 de setembro, quando serão apresentadas as vencedoras do programa.

Durante 12 semanas de aceleração, as startups passam por uma trilha 100% on-line de conteúdo dividida em quatro módulos: Modelagem de Negócios, Validação de Problemas, Validação de MVP e Go-to-Market, com duração de três semanas cada módulo

Participam desta edição 15 startups da área da odontotech de 11 cidades brasileiras: Ribeirão Preto (SP), São Paulo (SP), Indaiatuba (SP), Bebedouro (SP), Belo Horizonte (MG), Nova Lima (MG), Ijuí (RS), Florianópolis (SC), Teresina (PI), Campina Grande (PB) e Feira de Santana (BA), nas categorias digital, dispositivo de internet móvel e produtos. São elas: Dental Digital Solutions (pesquisa e desenvolve ações tecnológicas para a área odontológica), Be In (serviços de escaneamento e cursos voltados para Odontologia digital), ConectaDent (plataforma de agendamento), Hality Diagnóstico do Hálito (desenvolvimento de tecnologia com a utilização de cromatografia gasosa da respiração no diagnóstico da halitose), Healthful Technology (soluções em inteligência artificial e mobilidade), iDenture (plataforma que conecta clínicas e dentistas a serviços CAD odontológico e laboratórios digitais especializados em impressão 3D), Implant File (gerenciamento de informações de implantes), In Situ Terapia Celular (terapia celular e bio-impressão 3D para o desenvolvimento de produtos focados na regeneração de problemas complexos de pele e gengiva), IOT BCX (automatização e gestão de consultórios), Life Protection (proteção e diminuição dos riscos de transmissão de vírus), Pay Odonto (forma de pagamento dos tratamentos), Playdal (substituição do barulho da broca dentária por música), Portal do Sorriso (modelo de negócio), Q21 Odonto (cultura de empreendedorismo, educação e prevenção) e Sistema SEC (software de gerenciamento de ativos, custos, manutenção preventiva e corretiva).

Para Alexandre Queiroz, presidente da Gnatus, o DNA inovador da indústria de odontologia faz com que eles sempre busquem no mercado parceiros com essa mesma sinergia. “É um programa livre e vamos acelerar as empresas participantes. A Gnatus está entre os três maiores players do mercado odontológico, oferecendo uma solução completa para o dentista. Nosso objetivo é continuar fazendo isso com excelência e desenvolver produtos inovadores para a saúde. Por isso, buscamos startups que possam elevar a nossa expertise em odontologia. Ao final do programa vamos firmar algum tipo de parceria com os finalistas”, completa.

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.