Notícias Corporativas

Empresas nacionais de tecnologia investem na formação gratuita de programadores

DINO
Escrito por DINO
Empresas nacionais de tecnologia investem na formação gratuita de programadores
Junte-se a mais de 3.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre Data Science

A falta de mão de obra qualificada para trabalhar na área de tecnologia, especialmente em Desenvolvimento de Softwares, parece ser um problema crônico e de difícil solução no ecossistema de inovação e startups no Brasil. Além das dificuldades constantes, fenômenos recentes como a capacidade reduzida de entrega de instituições formais de ensino e as ofertas de remuneração em moeda estrangeira, por exemplo, têm sido de grande impacto nesse processo de atração e retenção de talentos do cenário tech brasileiro. Outro fator contribuinte para essa problemática foi a intensificação da transformação digital, ocasionada pela pandemia de Covid-19, que provocou um aumento da demanda por profissionais de tecnologia, tornando o mercado mais aquecido do que nunca. 

Dados da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) mostram que até 2024, a demanda de profissionais de TI será de 420 mil pessoas. Entretanto, o Brasil capacita apenas cerca de 46 mil profissionais com esse perfil por ano. Revelando a escassez de profissionais habilitados no mercado tech.

Para solucionar este problema algumas empresas têm disponibilizado parte de suas verbas de formação interna, capacitação e até de recrutamento & seleção, para investir na formação de profissionais que ainda não foram contratados, em um modelo chamado Education Recruiting ou Educação Recrutadora, na tradução literal. Neste modelo, as empresas formam turmas que pretendem se preparar para determinadas profissões dentro da área de tecnologia e as qualificam do zero, por meio de programas de capacitação técnica. A formação compreende tanto os fundamentos da programação quanto o aprendizado de funções mais complexas dentro do desenvolvimento web e conta também com o treinamento das chamadas Soft Skills, ou habilidades comportamentais.

De acordo com o depoimento do presidente executivo da Brasscom, Sérgio Paulo Gallindo, o Brasil tem um grande potencial para tecnologia e pode não apenas crescer exponencialmente no setor, mas também realizar uma intensa transformação socioeconômica. Nesse sentido, a utilização do modelo de Education Recruiting tem sido uma resposta valiosa para os problemas de inúmeras organizações da esfera tech, no Brasil e no mundo. Isso porque além dos benefícios supracitados, esta estratégia contribui para a alteração do processo burocrático de contratação de profissionais, tornando-o mais pessoal e eficiente.

Com essa alta demanda de programadores(as) por parte das organizações, surgiu no cenário brasileiro empresas totalmente especializadas neste método. Estas atuam na realização das formações de maneira completa, do recrutamento à entrega, solucionando o maior gap de mão de obra da atualidade. Além de que, impacta centenas de vidas por meio do ensino da tecnologia e oportunidade direta de emprego na área.

Para mais informações, basta acessar: https://imalearningplace.com/programa-sharp-coders

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.