Notícias Corporativas

Data Center no Brasil tende a crescer nos próximos anos

DINO
Escrito por DINO
Data Center no Brasil tende a crescer nos próximos anos
Visto por mais de 3.000 pessoas

Receba acesso a Dezenas de Workshops, Artigos, Cursos e vagas na área de data science.

A expansão do Data Center no Brasil é uma tendência crescente, impulsionada pelo aumento do uso da tecnologia e do armazenamento de dados. Segundo uma pesquisa feita pela Data Centre Magazine em 2021, o Brasil foi o único país da América Latina a entrar no ranking e, além disso, São Paulo ficou em quinto lugar com os dez principais mercados em crescimento.

O estudo também aponta que a capital paulista recebeu mais de US$ 295 milhões em investimento no setor em 2020, inclusive, a expectativa é de crescer ainda mais nos próximos anos. De acordo com relatório da Arizton, o Brasil possui em média 17 provedores de data centers em mais de 40 instalações no país, especialmente da Ascenty, Equinix, Scala e Odata, principais players do mercado no ano de 2021.

O Data Center consiste em um local físico que armazena e processa grandes quantidades de informações digitais, como dados de empresas, serviços de nuvem, conteúdo de mídia, entre outros. 

Para o CEO da Novalogic, Felippe Prates, a crescente adesão de empresas ao Data Center no Brasil reflete a importância dos serviços de nuvem e da infraestrutura de TI para as operações comerciais e a economia digital em geral. “O Data Center é uma infraestrutura crítica que fornece serviços de armazenamento e gerenciamento de dados para empresas de todos os setores”, salienta.

De acordo com Prates, algumas das principais razões que explicam o crescimento do mercado de Data Center no Brasil são o crescimento do comércio eletrônico, a digitalização de negócios, a regulamentação e conformidade (LGPD) e os investimentos em infraestrutura como 5G.

O especialista ressalta que a alta demanda por data centers tem gerado oportunidades e desafios para as empresas que atuam nesse mercado.

“Entre os principais desafios da alta demanda por data centers, destaca-se o crescimento do mercado, oportunidades de negócios, pressão por eficiência e sustentabilidade, desafios de segurança e necessidade de investimentos em infraestrutura”, enfatiza.

Ainda segundo o CEO da Novalogic, a expectativa é que nos próximos 10 anos, os data centers continuem a evoluir e a se adaptar às necessidades das empresas e às tendências tecnológicas, com um foco cada vez maior em eficiência, sustentabilidade, segurança e inovação.

“O aumento da demanda por serviços em nuvem, maior adoção de inteligência artificial, crescimento por serviços de Internet das Coisas (IoT), veículos autônomos, aprendizado com a máquina, edge computing, maior foco em eficiência energética e sustentabilidade, desenvolvimento de novas tecnologias de armazenamento e soluções seguras mais avançadas são algumas dessas mudanças que podemos esperar”, conclui Prates.

Para saber mais, basta acessar: Novalogic – Infraestrutura e Data Center

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.