Notícias Corporativas

Dados indicam ascensão do mercado de Automação Digital como serviço

DINO
Escrito por DINO
Dados indicam ascensão do mercado de Automação Digital como serviço
Junte-se a mais de 3.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre Data Science

A pandemia de COVID-19 acelerou o processo de transformação digital de empresas de todos os segmentos e tamanhos, obrigando-as a encontrar alternativas para otimizar fluxos de trabalho e reduzir custos. Pesquisa da Xerox indica que 80% dos donos de Pequenas e Médias Empresas (PMEs) planejam introduzir automação digital em seus negócios.

A Automação Robótica de Processos, ou RPA, é uma tecnologia de automação digital que integra fluxos de trabalho e aplicativos diversos através de robôs de software. Antes exclusividade de grandes empresas, sua junção ao modelo SaaS (as-a-service) fez com que virasse também alternativa para as PMEs que desejam automatizar processos de trabalho. Essas, contudo, tendem a ter um orçamento reduzido e não conseguem arcar com os custos da compra de um robô, precisando recorrer ao modelo de serviços, via de regra com assinatura mensal..

O mercado de SaaS, ou Software-as-a-Service, deve alcançar US$ 716 bilhões em 2028. Através do modelo SaaS, o Prestador de Serviços de TI pode encontrar uma forma acessível de entregar RPA ao cliente PME. 

Thiago Carlucci, Head de Marketing da ElectroNeek Robotics, empresa de software RPA, explica os benefícios do RPA-as-a-Service: “Hoje, para o cliente final, adotar serviços de automação digital via RPA é uma forma de reduzir custos e se manter competitivo. Para o Prestador de Serviços de TI, é o melhor caminho para expandir o portfólio de serviços, gerando uma nova fonte de receita recorrente a longo prazo”

Para o especialista, o modelo é único ao preservar a propriedade intelectual do Prestador de Serviços e entregar às PMEs uma solução acessível de otimização de processos de negócios. “Sabemos que os modelos tradicionais de venda de software podem ser inacessíveis ao mercado médio. Combinar RPA com SaaS garante aumentar o espectro de atuação do Negócio de TI para além das grandes enterprises do mercado”.

Ao passo que o modelo cresce por todo o mundo, Carlucci entende que 2023 será o ano ideal para entrar no mercado. “Quanto antes o Prestador de Serviços de TI conseguir introduzir soluções de RPA através do modelo de serviço, mais poderá ganhar tração para os anos subsequentes com este modelo de negócio”.

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.