Notícias Corporativas

Tecnologia low-code apresenta-se como nova aliada para departamentos de RH

DINO
Escrito por DINO
Tecnologia low-code apresenta-se como nova aliada para departamentos de RH
Junte-se a mais de 3.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre Data Science

Em um cenário em que a possibilidade de trabalho remoto leva cada vez mais talentos a optarem por empresas internacionais ou mesmo trabalhos livres, como nômades digitais – profissionais que atuam no ambiente virtual, sem qualquer limitação geográfica -, a busca por profissionais de tecnologia se acentua e desafia as empresas brasileiras.

De acordo com o Relatório Global de Tendências Migratórias 2022 da Fragomen, empresa especializada em serviços de imigração mundial, 35 milhões de profissionais já atuam como nômades digitais em todo o mundo, número que pode chegar a um bilhão em 2035.

Aliás, 23 países já oferecem vistos específicos para esses profissionais, como Argentina, Costa Rica, Emirados Árabes, Grécia e Islândia, além do Brasil. O Conselho Nacional de Imigração, administrado pelo MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública), ordenou a concessão de visto temporário e autorização de residência aos imigrantes que se encaixem na modalidade, como mostra uma publicação da CNN Brasil. 

Tal panorama, que faz com que haja uma maior dinâmica e flexibilidade entre as relações trabalhistas, com vínculos criados – e desfeitos – em uma velocidade maior, bem como com condições, requisitos e habilidades mais específicos dependendo do momento, da natureza do trabalho ou da região onde será desenvolvido o serviço, aponta para uma maior necessidade de que departamentos de Recursos Humanos sejam mais ágeis na experiência de recrutamento e seleção dos candidatos.

Neste contexto, ganham destaque as chamadas ferramentas low-code (“pouco código”, em tradução livre), tecnologia que dispensa amplo conhecimento em codificação. Segundo Diego Bove, head de desenvolvimento da Bizapp – empresa que presta consultoria para processos de inovação e implantação de softwares de gestão de negócios -, o uso dessa tecnologia pode trazer mais eficiência para departamentos de RH (Recursos Humanos) em um mercado que exige adaptações constantes.

“Por ser mais simples e de rápida implementação, a tecnologia empodera a empresa para se ajustar rapidamente às necessidades de mercado, lançar uma campanha em curto prazo – e tudo isso integrado com a base de dados, o que pode promover uma fonte rica de insights preditivos”, afirma.

Ferramentas facilitam demandas do dia a dia

A título de exemplo, Bove conta que, com a implementação da tecnologia low-code, a Bizapp passou a utilizar uma série de ferramentas para atender demandas do RH e servir os colaboradores em diversas questões rotineiras.

“Em um trimestre, subimos uma página de carreiras, utilizando o recurso Power Pages que, integrado ao Dynamics 365, faz toda a gestão do banco de talentos. ‘Casado’ com o Customer Voice e o Dynamics Marketing, a ferramenta nos dá recursos para manter um monitoramento e atualização de toda essa base que construímos”, diz ele.

Segundo Bove, com a implementação, a Bizapp conseguiu, inclusive, comunicar novas vagas e aplicar pequenas avaliações de requisitos profissionais. “As ferramentas integradas vão construindo um histórico que pode ser visualizado na timeline de interações do candidato com a nossa empresa”.

O profissional ressalta que, entre as ferramentas e estratégias que podem ser usadas para trazer mais eficiência para departamentos de RH, é possível aplicar a Power Pages como uma interface web que entrega um portal de candidatos e o Customer Voice para testes rápidos na etapa de entrevistas, como redação e testes lógicos.

“Além disso, o Power Automate é uma alternativa para programar alertas e disparar comunicados e o Power Apps pode ajudar a entregar uma experiência móvel tanto para candidatos quanto para o colaborador, no preenchimento de cadastros e entrega de documentações, até o controle de metas após a admissão”, complementa.

Para concluir, o head de desenvolvimento da Bizapp destaca que as ferramentas low-code podem promover a transformação digital para empresas de diversos tamanhos e portes, o que agiliza e aprimora os processos de recrutamento e gestão dos colaboradores.

“Implementar tecnologias para evoluir nas operações pode ser um trabalho árduo e burocrático dependendo das tecnologias escolhidas. Por outro lado, um caminho mais simples pode trazer um resultado positivo em pouco espaço de tempo”, finaliza Bove.

Para mais informações, basta acessar: https://bizapp.com.br/

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.