Notícias Corporativas

Tecnologia 5G já traz vantagens a quem navega na internet

DINO
Escrito por DINO
Tecnologia 5G já traz vantagens a quem navega na internet
Junte-se a mais de 3.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre Data Science

Pouco mais de 15 capitais do Brasil já comportam a tecnologia de redes 5G. Até esta sexta-feira, 28 de outubro, todas as capitais de estados terão as redes disponíveis e, a partir de janeiro próximo, a implantação das redes começará a ser feita gradualmente nas demais cidades brasileiras, a começar pelas localidades com mais de 500 mil habitantes, afirma a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Mas, afinal, quais serão os benefícios do 5G? 

O professor Francisco Vital, docente do curso de Ciências da Computação do Centro Universitário Tiradentes (Unit Alagoas), elenca essas vantagens. Segundo o especialista, a quinta geração para redes móveis e de banda larga deverá consumir até 90% menos energia do que as redes 4G atuais e, consequentemente, irá contribuir com o meio ambiente; o tempo de latência também será menor; mais aparelhos por área poderão estar conectados à rede; maior duração da bateria de dispositivos de rádio receptores, entre outras vantagens.

“Essa nova tecnologia vai ter não só mais agilidade nas conexões, como melhor cooperação entre equipamentos e sistemas que integram as cidades, a exemplo das luzes e trânsito, que poderão ser controlados via internet. Além disso, a baixa latência significa que o tempo entre o comando e a transmissão para o resultado será menor. Isso irá garantir que tarefas sejam realizadas em microssegundos, o que poderá ser um avanço para a telemedicina, por exemplo”, informa o docente.

Francisco Vital ainda conta que, ao ser comparada com a tecnologia de redes 4G, a rede 5G possui tempos de conexão entre aparelhos móveis inferiores a 5 ms (milissegundos). Enquanto isso, a rede 4G, possui latência de 30 ms. Já com relação à velocidade, a rede 5G é 20 vezes mais rápida do que a rede 4G.

“A latência e a velocidade de transmissão de dados entre uma rede e outra são umas das principais diferenças entre as duas redes. Com o 5G, quando o usuário fizer download de algum arquivo, o conteúdo será baixado praticamente de forma instantânea”, ressalta.

Ativação e aparelhos

Conforme o edital de licitação para a ativação das redes, primeiramente acontece a ativação de uma antena 5G para cada 100 mil habitantes. Nas cidades do interior do país, as ativações devem acontecer gradualmente até 2029. Para ter acesso a essa tecnologia, os usuários deverão portar aparelhos de telefonia móveis que possuam suporte para a quinta geração para redes móveis e de banda larga e, dessa forma, conseguir usufruir dos benefícios da nova tecnologia.

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.