Setor de comunicação vê obrigação de reforçar segurança de redes

EUA a seus aliados europeus querem barrar a Huawei devido a preocupações
REUTERS/Sergio Perez

 A indústria de telecomunicação está ciente da necessidade de garantir que redes móveis cada vez mais complexas sejam seguras, disse o chefe de seu principal grupo de lobby à Reuters, enquanto o debate gira em torno de barrar alguns fornecedores de equipamentos por motivos de segurança nacional.

Leia também: Novos smartphones dobráveis podem custar até R$ 10 mil

A GSMA, que agrupa 300 operadoras em todo o mundo, recuou ante as chamadas dos EUA a seus aliados europeus para barrar a Huawei devido a preocupações de que a empresa esteja muito próxima do estado chinês e seus equipamentos estejam abertos a espiões cibernéticos.

Em vez disso, propôs um regime de testes mais forte em toda a Europa para garantir que, à medida que as operadoras construam redes 5G de próxima geração, smartphones e bilhões de dispositivos que serão conectados à internet sejam protegidos contra hackers.

“Agora estamos entrando em conectividade inteligente, o que significa que mais coisas serão conectadas”, disse Mats Granryd, diretor geral da GSMA que está hospedando o Mobile World Congress, uma grande reunião anual da indústria em Barcelona.

“Se tivermos dúvidas hoje, o risco é que elas aumentem daqui para a frente.”

A GSMA encontra-se envolvida em uma luta política mais ampla à medida que as tensões comerciais entre os Estados Unidos e a China prejudicam a indústria de telecomunicações.

Autoridades dos EUA fizeram lobby junto aos seus aliados europeus para banir a Huawei, líder do mercado de redes globais. As operadoras se opõem a isso, com alguns dizendo que o lançamento de serviços 5G pode ser adiado por anos se eles tiverem que extrair e substituir o equipamento chinês em suas redes.

A Huawei nega que já tenha espionado para Pequim, e diz que nenhuma evidência confiável foi apresentada de que seus equipamentos permitem acesso ilícito aos serviços de inteligência do país.

Veja os principais smartphones que serão apresentados na MWC 2019

 

Pin It on Pinterest