Analytics & Business Intelligence

SEMAS usa Business Intelligence para coleta de dados em projeto de vulnerabilidade social.

Roberto Oliveira
Escrito por Roberto Oliveira
SEMAS usa Business Intelligence para coleta de dados em projeto de vulnerabilidade social.
Junte-se a mais de 3.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre Data Science

A Secretaria de Assistência Social apresentou nesta segunda-feira, 11 de abril, a nova ferramenta de BI – Business Intelligence implantada para mapear territorialmente as vulnerabilidades sociais de acordo com as regiões da cidade.

O estudo de caso que antecedeu a implantação da ferramenta permitiu, por exemplo, mapear as regiões e fazer avaliações de áreas com famílias vulneráveis para indicação e implantação de serviços da Assistência Social.

Foi realizado também o diagnóstico do impacto social causado pela pandemia do COVID – 19 com os seguintes indicadores: inclusões e atualizações de cadastro único, beneficiários do BPC, assentamentos, escolaridade e cadastros de cestas básicas emergenciais.

As ferramentas de BI – Business Intelligence são tipos de software de aplicativo que coletam e processam grandes quantidades de dados não estruturados de sistemas internos e externos que proporcionam uma forma de acumular dados para encontrar informações, principalmente por meio de consultas. Estas ferramentas auxiliam na preparação de dados para análises, possibilitando a criação de relatórios, painéis e visualizações de dados. Os resultados permitem acelerar e aprimorar as tomadas de decisões, aumentar a eficiência operacional, localizar potenciais, identificar as tendência, apontar novas oportunidades. Para a secretaria de Assistência Social, a ferramenta permitiu a compilação dos dados dos estudos e estatísticas apontados pela Vigilância Socioassistencial implantada em 2021.

Renata Corrêa, secretária de Assistência Social, fala sobre a ferramenta. “É um marco para a gestão da Assistência Social em nossa cidade. Poder mapear e diagnosticar as vulnerabilidades por região, além de nos permitir conhecer de fato as características destas populações, nos auxiliará na tomada de decisões no cumprimento da política de assistência social, como foi o caso das sugestões de implantação nos novos CRAS. É sem dúvida um ganho para nós enquanto gestores, mas ainda maior para a população”. 

Participaram da apresentação o prefeito Duarte Nogueira, a secretária de Assistência Social, Renata Corrêa, o secretário adjunto Marcos Guerra e os diretores Crisângela Araújo, do Departamento de Proteção Social Básica e Daniel Siqueira, do Departamento de Gestão do Sistema Municipal de Assistência Social.

Fonte: https://www.ribeiraopreto.sp.gov.br/portal/noticia/semas-apresenta-ferramenta-de-business-intelligence-para-coleta-de-dados

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.