Notícias Corporativas

ODATA conquista certificação ISO 14001 a favor da sustentabilidade corporativa

DINO
Escrito por DINO
ODATA conquista certificação ISO 14001 a favor da sustentabilidade corporativa
Junte-se a mais de 3.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre Data Science

A ODATA, provedora de infraestrutura de data center para a América Latina, conquista a certificação ISO 14001, correspondente às diretrizes do Sistema de Gestão Ambiental (SGA). A companhia brasileira amplia a sua coleção de selos ligados ao serviço de data center, que já reúne as certificações ISO 9001, ISO/IEC 20000-1 e ISO/IEC 27001.

A nova certificação, sob a chancela da TÜV Rheinland Brasil, subsidiária da empresa alemã de certificação de sistemas de gestão, considera os data centers SP02, em Hortolândia (SP), e BG01, em Bogotá, na Colômbia, bem como os escritórios administrativos em São Paulo e Bogotá. O selo está ligado ao serviço de Colocation, composto por projetos de solução, gestão de infraestrutura física, gestão de capacidades, gestão de ativos, gestão de redes, provisionamento e fornecimento de comunicações para data center.

“Com o novo reconhecimento, nossa equipe passa a ser avaliada constantemente, perante padrões internacionais os quais atestam que a organização possui ampla responsabilidade ambiental e que segue com rigor as normas pertinentes”, declara Carlos Salata, Gerente da Qualidade da ODATA.

De modo geral, a ISO 14001 possui um conjunto de normas internacionais que indicam os requisitos para a implementação de um sistema de gestão ambiental efetivo. Seu objetivo principal é garantir que as organizações certificadas estejam habilitadas para o desenvolvimento contínuo de ações e técnicas sustentáveis em seus negócios, tornando possível mitigar potenciais adversidades das condições ambientais nas instalações da organização e promover um aumento do desempenho ecológico em suas operações.

“Durante o processo de auditoria, a ODATA comprovou a implementação e operação de um sistema de gestão ambiental em conformidade com as diretrizes da ISO 14001, demonstrando que seus interesses técnicos, econômicos e comerciais estão voltados à prevenção da poluição ambiental e à redução dos possíveis impactos causados por suas atividades”, explica Mayara Zunckeller Paulino, Gerente de Operações da TÜV Rheinland.

“É indiscutível a importância dessa certificação para o setor de tecnologia. A implementação da ISO 14001 nos prepara para as políticas e indicadores de desempenho (KPIs) frente às Boas Práticas do Sistema de Gestão Ambiental, e nos auxilia na busca pela certificação Zero Waste para os controles operacionais nos data centers”, pontua Salata.

Desde 2020, a ODATA responde o questionário Carbon Disclosure Project (CDP) referente a governança, riscos, oportunidades, e até o engajamento e biodiversidade. Trata-se de um questionário formulado por investidores, visando a transparência na divulgação de informações sobre as estratégias de mudanças climáticas.

Além disso, a companhia aderiu, recentemente, ao Acordo Climático iMasons (ICA) – a iniciativa do grupo composto por diferentes empresas de infraestrutura digital que buscam, em conjunto, frear os impactos ambientais e as mudanças climáticas por meio da redução de carbono em materiais, produtos e energia de infraestrutura digital. A iniciativa tem como objetivo reunir empresas responsáveis por desenvolver novas tecnologias para a transformação digital e criar um mundo mais conectado para a população mundial.

Em alinhamento com os pontos mais recentes estabelecidos pela ciência climática, a ODATA também se comprometeu em reduzir suas emissões de escopos 1 e 2 em 23% até 2030. A meta foi definida pela empresa ao aderir ao Science Based Targets Initiative (SBTi), uma colaboração global que define e promove práticas para que as companhias adotem metas com base na ciência para a redução de suas emissões de gases de efeito estufa.

Com planos de expandir o engajamento alinhado à agenda ESG, a ODATA planeja ampliar o escopo da ISO 14001 para as suas demais unidades – incluindo o data center SP01, em Santana de Parnaíba (SP), e o data center ST01 em Santiago, no Chile. “A ODATA possui uma estratégia de sustentabilidade bastante integrada às diretrizes de negócios. O próximo passo, agora, é iniciar os projetos relacionados às certificações ISO 45001 e ISO 22301”, finaliza Salata.

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.