Notícias Corporativas

Movimento Bem Maior fomenta cultura de doação em todo o país

DINO
Escrito por DINO
Junte-se a mais de 3.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre Data Science

Com a ideia de apoiar e oferecer bases aos projetos sustentáveis e de capacitação junto ao Terceiro Setor, o Movimento Bem Maior (MBM), associação que atua para fomentar a cultura de doação, há três anos vem atendendo Organizações da Sociedade Civil (OSCs), beneficiando trabalhos filantrópicos e sustentáveis em todas as regiões do país.

No Edital Público, o Movimento Bem Maior incentivou o protagonismo de comunidades vulneráveis, causando um impacto que vai muito além da soma de resultados individuais dos projetos sociais. 

Em atuações diversificadas, da geração de renda à sustentabilidade, passando por saúde, cultura, esporte, educação e muito mais, estes projetos se tornaram mais produtivos e sustentáveis, atraindo mais parceiros, investidores e, consequentemente, desenvolvimento socioeconômico para seus territórios, entre outros.

Entre os estados contemplados nos projetos estão: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Piauí, Bahia, Ceará, Rio Grande de Norte, Amazonas, Pernambuco e Rio Grande do Sul. Cada entidade escolhida recebe capacitação em gestão, indicadores e acompanhamento do projeto e da formatação da ação da OSC para firmar parcerias estratégicas e oportunidades de captar novos recursos, além do apoio financeiro de R$ 70 mil, por ano, com possibilidade de renovação por mais um ano.

Com o atendimento e apoio do Movimento Bem Maior, as OSCs podem realizar seus projetos de maneira estruturada, com base em um planejamento estratégico em infraestrutura, qualificação e inovação, direcionando  recursos às áreas pré-estabelecidas, de forma efetiva.

Para a diretora executiva do movimento, Carola Matarazzo, “precisamos pensar na comunidade como um todo, com moradia digna e condições de subsistência, porque somente o desenvolvimento integral garante as circunstâncias propícias para promover a melhoria de vida”. 

OSCs contempladas: 

REGIÃO NORTE
Acre – Educandário de Cruzeiro do Sul, do município Cruzeiro do Sul,
Pará – Rede Mondó -, idealizada pela Associação Nacional das Universidades Particulares (ANUP),

REGIÃO NORDESTE – APOIO E AMPARO SOCIAL

Mais de 18 OSCs foram beneficiadas com recursos para desenvolvimento de projetos sociais com ampla abrangência, tais como: educação e cultura, amparo ao menor e às famílias carentes, Ação Social e Cidadania, Inclusão, Educação, apoio rural, entre outros, abrangendo a região e diversas comunidades..

Associação Comunitária do Guarani – que atende famílias em condições de vulnerabilidade, principalmente agricultores em situação de pobreza que recebem auxílio na educação de crianças e jovens, com atividades educativas, culturais e esportivas.

Associação das Famílias do Pecém – que nasceu para ajudar uma comunidade carente que sobrevivia da pesca e da agricultura, morando em casas de taipa, sem água tratada nem saneamento, conseguiu mudar essa realidade, combateu a desnutrição e a mortalidade infantil, e fortaleceu a educação com creche, oficinas, faculdade, cursos profissionalizantes e do idioma Inglês.

Instituto Brotar – apoio às famílias do campo que, entre diversas iniciativas, promovem a Educação Ambiental com reaproveitamento de água nas unidades escolares para utilizar em hortas agroecológicas. Há também programas esportivos e de lazer para crianças, jovens e adultos.

Instituto Madeira da Terra – No Cariri Cearense, localizado no sertão nordestino, luta para salvar a caatinga do desmatamento e da desertificação. Entre os projetos desenvolvidos está uma ação Educacional de formação de lideranças femininas e geração de renda, a Escola Feminina de Apicultura, que oferece oportunidades às mulheres e ajuda a preservar a diversidade da fauna e da flora da região.

Sociedade de Promoção e Apoio à Família de Itapipoca ( Soprafi) – com atuação em diversos bairros do município de Itapipoca, a organização desenvolve atividades socioeducativas, culturais, desportivas e de tecnologia com crianças, adolescentes e jovens.

Segundo Carola, “precisamos manter essa rede fortalecida e atuante. Buscamos atingir essa meta apoiando entidades que promovem ações significativas na região, como as cinco Organizações Sociais do Ceará que foram selecionadas para participar do Futuro Bem Maior, nosso programa de fortalecimento de iniciativas de impacto comunitário. O objetivo é alavancar estas OSCs, reforçando a gestão para ampliar o impacto promovido na comunidade”, declara. 

REGIÃO NORTE

Galt Vestibulares com o projeto de criar repertório suficiente para aqueles que não conseguem frequentar as aulas presenciais. 
Grupo Semente que tem como objetivo contribuir para a segurança alimentar e nutricional de famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica.

REGIÃO SUL  

O projeto de capacitação consiste em possibilitar à crianças, adolescentes e jovens, em situação de vulnerabilidade social do município de Sapucaia do Sul-RS, novos espaços de aprendizagem, a partir dos recursos da prática esportiva e cultural, como ferramenta de auxílio para melhorar as potencialidades em relação ao desenvolvimento da aprendizagem escolar e fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários com o propósito de incentivá-los a lutarem por um destino melhor e mudar as suas realidades.

REGIÃO SUDESTE

Na região, algumas OSCs foram beneficiadas
Associação Comunitária dos Artesãos e Agricultores de Maciel, Associação de Pais e Amigos das Escolas Integrantes do Movimento Asas, Associação Sementes do Vale, Centro Cultural Juliana Maia/Harmônicos de Conservatória, Fábrica dos Sonhos, Instituto SOS Reviver, Lona na Lua, Sociedade Amigos por Itaúnas, foram as OSCs contempladas..

SOBRE O MOVIMENTO BEM MAIOR

Organização social apartidária, sem fins lucrativos, fundada em 2018, que atua    identificando, conectando e viabilizando importantes iniciativas de impacto social com o único objetivo de fortalecer o ecossistema filantrópico no Brasil. Por meio do investimento social, da mobilização de lideranças e da articulação intersetorial, o MBM contribui ativamente para a construção de uma sociedade mais inclusiva, mais diversa e com oportunidades mais justas para todos.

Informações para imprensa:
Central de Inovação | Movimento Bem Maior
Andréa Bueno – 11 98240-0344
Néia Andrade – 11 96723-4912 
comunicacao@centraldeinovacao.com.br

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.