Notícias Corporativas

Gestão 360º busca descomplicar a rotina em propriedades imobiliárias

DINO
Escrito por DINO
Gestão 360º busca descomplicar a rotina em propriedades imobiliárias
Junte-se a mais de 3.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre Data Science

Mais de 68 milhões de pessoas vivem nos mais de 500 mil condomínios registrados em todo o país, segundo indicativos da Abrassp (Associação Brasileira de Síndicos e Síndicos Profissionais) e da Receita Federal.

Tal número pode ser ainda maior nos próximos anos, já que o mercado imobiliário deve crescer entre 4,5% e 5% em 2022, conforme uma estimativa do FGV Ibre (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas). Segundo uma publicação do Valor Investe, a projeção da coordenadora de Projetos da Construção do instituto estimava uma expansão de 3,5%.

Como todo empreendimento, um negócio do setor imobiliário dá trabalho para proprietários e síndicos, que se veem às voltas com burocracias e diversas demandas do dia a dia, como limpeza, segurança e zeladoria, por exemplo.

É neste contexto que, segundo Sérgio Rocha, CEO da Roche Serviços – empresa que presta serviços terceirizados de mão de obra -, ganham destaque alternativas que buscam facilitar os trabalhos desenvolvidos em condomínios, como a chamada “gestão 360º”.

Rocha explica que a gestão 360º consiste no gerenciamento completo dos empreendimentos, o que inclui as áreas de administração financeira, fiscal e contábil. Além disso, o modelo compreende a gestão da operação e serviços como limpeza, segurança, jardinagem, mensageria e outros terceiros, e a manutenção da estrutura das propriedades.

“Ademais”, prossegue, “toda a comunicação e tratativas no dia a dia relacionadas ao condomínio ficam a cargo do gestor predial, uma pessoa designada para suprir e acompanhar as demandas de edifícios comerciais, residenciais ou galpões logísticos, apresentando resultados aos proprietários”.

Na perspectiva do CEO da Roche Serviços, as novas formas de trabalho e inovações na gestão das propriedades podem trazer mais agilidade, facilidade e segurança para os proprietários.

“Com uma gestão centralizada, conseguimos ter maior controle sobre as demandas, as responsabilidades são bem definidas e acompanhadas de perto por pessoas capacitadas”, afirma. Desta forma, segundo ele, é possível ter indicadores claros de performance e, inclusive, apresentar maior eficiência operacional e reduções de custo para a operação.

“Outrossim, como forma de medir todo o serviço prestado, é entregue mensalmente ao síndico – ou aos proprietários – um relatório completo com todo o desempenho do empreendimento, gerando informações importantes para as tomadas de decisões”, finaliza.

Para mais informações, basta acessar: https://www.rocheservicos.com.br/

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.