Notícias Corporativas

Gerenciamento de dados otimiza processos em empresas

DINO
Escrito por DINO
Gerenciamento de dados otimiza processos em empresas
Junte-se a mais de 3.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre Data Science

Um segmento do mercado que vem se expandindo atualmente e ganhando destaque é o gerenciamento de dados, uma vez que, com a crescente digitalização dos processos, as organizações tendem a concentrar cada vez mais informações. Dessa forma, as empresas necessitam de ferramentas que possam coletar, manter e transformar todos esses dados disponíveis em valores, auxiliando no planejamento de ações específicas que visem melhorias nos resultados da instituição.

Com as inovações tecnológicas, o gerenciamento de dados está se tornando mais efetivo e capaz de gerar soluções cada vez mais precisas. De acordo com o arquiteto de software Leonardo Meyer, a evolução dessas ferramentas envolve uso de inteligência artificial e machine learning (aprendizado de máquina), que se aperfeiçoam e se adaptam às necessidades de cada empresa e seu nicho de mercado. 

“Um gerenciamento eficaz de dados tem contribuído para as empresas alcançarem seus objetivos de forma mais eficiente, ao reduzir custos desnecessários e focar os investimentos em atividades lucrativas”, pontuou Leonardo. O gerenciamento de dados é um dos campos mais importantes da TI e, sendo assim, é de extrema importância que seja bem administrado. Portanto, o profissional deve se destacar nas habilidades analíticas, críticas e estratégicas, visto que será ele o responsável por determinar como os dados serão utilizados para que seja possível obter o melhor resultado para o negócio. 

Meyer pontua que os especialistas devem ter capacidade de lidar com um volume grande de informações e ter conhecimento das ferramentas de análise de dados disponíveis no mercado, que podem ser usadas para contribuir e facilitar os processos de armazenamento, análises e resultados.

O profissional deve ter, ainda, prossegue o especialista, domínio para coordenação de equipes de extração e análise de dados, bem como habilidade para organizar processos que envolvem os dados. Além disso, é responsável pela identificação de oportunidades de melhorias destes processos, bem como do desenvolvimento e implementação de métodos para aumentar a eficiência.

O gerenciamento de dados no mercado

Segundo o arquiteto de software, as empresas B2C (Business to Consumer) são as que mais demandam serviços de gerenciamento de dados, pois usam desta prática para análise do perfil do consumidor, performance de campanhas e promoções.

Em um mercado cada vez mais competitivo, os novos setores que já começaram a aderir à utilização de bases de dados para o desenvolvimento de estratégias terão resultados mais rápidos e assertivos, aposta Meyer. Ele cita o exemplo do setor de energia, que demanda análise do consumo, demanda e picos de uso. 

“Por meio desta análise, será possível incentivar o uso e produção desta energia de forma mais inteligente, além de direcionar a construção e manutenção de sua infraestrutura de maneira a atender o maior número de consumidores”, observou o especialista.

A gestão de dados pode, ademais, ser utilizada por qualquer empresa que deseja conquistar seu espaço, reduzir os gastos e otimizar os processos, com tomadas de decisões mais estratégicas e seguras, podendo, inclusive, analisar e revisar os dados periodicamente pode ajudar a identificar as tendências e mudanças no mercado. 

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.