Notícias Corporativas

ExpressVPN submete aplicativos de desktop a três auditorias independentes

DINO
Escrito por DINO
ExpressVPN submete aplicativos de desktop a três auditorias independentes
Junte-se a mais de 3.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre Data Science

Dados de um levantamento da Tenable, empresa de segurança, demonstram que organizações de todo o mundo se viram desafiadas por conta de criminosos digitais. De acordo com o balanço, o número de vazamentos de dados chegou a 40,4 bilhões em 2021, sendo 815 milhões apenas no Brasil – uma alta de 78% no total de registros expostos. 

Nesse panorama, empresas públicas e privadas, de diversos setores e portes, empreendem medidas a fim de garantir a segurança no ambiente virtual. Exemplo disso, a ExpressVPN validou a postura de segurança de todos os seus aplicativos de desktop por meio de três novas auditorias independentes de empresas de segurança cibernética, Cure53 e F-Secure. 

As três novas auditorias ocorrem apenas algumas semanas após a auditoria da política de não registro da ExpressVPN da KPMG. De acordo com a empresa, o Cure53 testou os aplicativos de desktop macOS e Linux da ExpressVPN por meio de testes de penetração de caixa branca e auditorias de código-fonte. As avaliações confirmam que os aplicativos são protegidos contra ameaças de segurança cibernética de adversários mal-intencionados.

A F-Secure também analisou o aplicativo Windows v12 da ExpressVPN por meio de testes de penetração e auditoria de código-fonte e não encontrou pontos fracos significativos. A auditoria verifica se o aplicativo de desktop Windows mais recente da ExpressVPN não pode ser manipulado para vazar informações, como o endereço IP de um usuário, fora do túnel VPN.

Além disso, a auditoria confirma que o aplicativo não é suscetível a ataques de execução remota de código. Com os aplicativos de desktop auditados, os usuários podem ficar on-line com a garantia de que sua privacidade está protegida.

Segundo Brian Schirmacher, gerente de testes de penetração da ExpressVPN, a empresa está comprometida em fornecer auditorias nos aplicativos móveis e espera dar continuidade ao trabalho para garantir privacidade e segurança em todos os pontos de contato do produto.

Para mais informações, basta acessar: https://www.expressvpn.com/pt

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.