Entrevista com Pollyanna Gonçalves (Data Science Coordinator @ Hotmart)

A ABRACD está selecionando profissionais de destaque no mercado de analise dados e entrevistando para saber qual foi a jornada que trilharam até chegar neste momento,
Pollyanna Gonçalves é a nossa profissional destaque de hoje, um profissional que é realmente diferente, mostra em seus resultados, algo a mais que o combinado e assim ganha a admiração da comunidade, de seus superiores e da empresa onde trabalha.

1) Conte um pouco sobre você.

Meu nome é Pollyanna, moro em Belo Horizonte (MG) e atuo como Coordenadora do time de Data Science na Hotmart, empresa que estou desde 2016 e onde também pude atuar como Analista de Business Inteligence e Cientista de Dados.

2) Conte como foi sua história com a área de dados, como começou, quais cursos fez e onde trabalhou.

Comecei a atuar na área de dados ainda na graduação em Ciência da Computação lá na UFOP (Universidade Federal de Ouro Preto), em 2009. Na metade do curso conheci meu ex-orientador Fabricio Benevenuto (que atualmente é uma das referências em pesquisa de Fake News no mundo científico), e por alguns anos trabalhei juntamente com ele em um projeto iniciação científica. Nosso foco principal era criar, combinar e validar modelos de Análise de Sentimentos para serem utilizados em textos vindos da web (Twitter, Facebook, Yelp, IMDb, etc).

Me encantei com a pesquisa científica, e ao final da graduação decidi por fazer um mestrado também em Computação, e mantive minha linha de pesquisa. Durante essa época conheci outros profissionais acadêmicos que atuavam na mesma área em diversas partes do mundo!


Como ingressar no MERCADO de DATA SCIENCE .

Ao final do mestrado, decidi por testar a indústria. Lá em 2013 ainda não se falava muito em Ciência de Dados no Brasil, e muitos desses profissionais estavam em áreas de Business Intelligence, e segui nessa direção.

3) Quais são as tecnologias que vão ter destaque em 2021 na sua opnião?

Acredito que todo profissional de Ciência de Dados precisará buscar cada vez mais por habilidades de lidar com grandes volumes de dados (dica Apache Spark) e buscando independência para entregar soluções de ponta a ponta (dicas Apache Airflow e Docker).

4) O que você não recomenda que seja feito na área de analise de dados?

Focar apenas em tecnologia e esquecer de duas partes cruciais para qualquer profissional que utiliza dados para criar modelos e realizar análises: Estatística e Negócio.

5) Qual conselho você deixa para os novos profissionais deste mercado.

Busque conhecimento sempre (temos muitas plataformas ótimas: DataCamp, Alura, Udacity, Udemy, etc), mas coloque em prática! Mostrar o que você consegue fazer será um diferencial, especialmente se está buscando pela primeira oportunidade na área. Crie um portifólio, aproveite datasets de competições disponibilizadas no Kaggle, crie e compartilhe conteúdo!

6) Observações finais.

Agradeço a oportunidade que me foi dada pelo Roberto Oliveira e a ABRACD para falar um pouco sobre minha experiência na área. Espero que possa ajudar outras pessoas no caminho! Fiquem a vontade para me adicionar no Linkedin para trocarmos uma idéia!

Pollyanna Gonçalves
Data Scientist @ Hotmart
MSc. Computer Science
https://www.linkedin.com/in/pollyannaogoncalves/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest