Notícias Corporativas

Crescimento do e-commerce cria oportunidades para empresas

DINO
Escrito por DINO
Crescimento do e-commerce cria oportunidades para empresas
Junte-se a mais de 3.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre Data Science

Nos últimos dois anos o comércio eletrônico apresentou um expressivo crescimento, devido principalmente às restrições impostas pela pandemia. Com a situação mais controlada, a expectativa era de que houvesse uma desaceleração no setor. Contudo, mesmo com a retomada da abertura do comércio tradicional, o e-commerce se mantém em alta. Segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm), o primeiro semestre de 2022 registrou um faturamento de R$ 73,5 bilhões, o que representa um crescimento de 5% em relação ao mesmo período de 2021.

Esse movimento mostra que os consumidores estão dispostos a continuar comprando online, e que esse comportamento já virou hábito. Segundo pesquisa do PayPal, empresa de pagamentos online, um em cada quatro brasileiros pretende continuar fazendo compras online. Também de acordo com o levantamento, 97,3% admitem que gostam da experiência e 98% dizem que preferem inclusive esse modelo ao convencional, por ser mais prático.

Exatamente por conta dessas mudanças, as empresas estão adaptando suas estratégias de vendas, com o olhar voltado para as necessidades dos consumidores. A Intelbras, empresa brasileira desenvolvedora de tecnologias com 46 anos de história, é um exemplo. Buscando aproximar ainda mais os consumidores de seus parceiros credenciados, a companhia desenvolveu uma plataforma para melhorar a experiência de compra e contratação de serviços online: o aplicativo Compra Fácil para o parceiro Intelbras, que permitirá às revendas parceiras de todo o país receberem os pedidos da loja digital para atenderem o consumidor final.

Expectativa do setor

A expectativa para o e-commerce daqui até o fim do ano é positiva, com projeção de R$ 91,5 bilhões em vendas, segundo a Abcomm, que deve gerar um valor equivalente a R$ 165 bilhões no acumulado do ano (acima do total visto em 2021, que foi de R$ 150,8 bilhões). Portanto, empresas que tenham bom planejamento tributário e boas estratégias de controle de custos poderão se destacar neste segundo semestre, para o qual são esperados grandes eventos, como a Black Friday e a Copa do Mundo.

*Gerente de canais e responsável pela loja digital da Intelbras.

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.