Notícias Corporativas

Cotação instantânea evita disparidades nos preços de peças usinadas

DINO
Escrito por DINO
Cotação instantânea evita disparidades nos preços de peças usinadas
Junte-se a mais de 3.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre Data Science

Cotação instantânea evita disparidades nos preços de peças usinadas

Tecnologia de dados, algoritmos e modelos matemáticos geram tempo e trazem mais eficiência para o mercado de usinados, possibilitando cotações instantâneas e compra remota de peças.

A precificação de peças é um antigo problema do mercado de usinagem. A atividade é bastante complexa e envolve inúmeras variáveis, o que torna os orçamentos discrepantes, com diferenças acima de 300%. Portanto, a falta de padronização na composição da precificação de peças usinadas causa ineficiência tanto para as empresas que fornecem, quanto para as que contratam serviços. 

Um parâmetro comumente utilizado no mercado para precificar peças usinadas é o custo hora/máquina. Porém, a precificação de uma peça deve englobar outras variáveis, como material, processos de manufatura, fretes, custos comerciais, administrativos, serviços terceirizados (tratamentos térmico e superficial), etc. 

O volume de variáveis acaba gerando um dos principais problemas do mercado de usinados: o tempo de resposta das cotações. Afinal, reunir todas as informações necessárias e equalizá-las para formar um preço pode demandar muitas horas de trabalho da empresa fornecedora. Para as empresas contratantes, a espera pode significar paradas na sua produção, perda de eficiência e atrasos em seus prazos de entrega.

Neste contexto, estão surgindo no mercado algumas alternativas que auxiliam as empresas que compram peças usinadas a superarem os desafios da cotação por meio do uso de tecnologia de dados, algoritmos e modelos matemáticos. “Essas tecnologias possibilitam a cotação instantânea de peças usinadas, eliminando o tempo de resposta pelos orçamentos. O principal benefício é a economia de tempo. Com mais tempo hábil, as empresas podem se dedicar mais às suas linhas de produção”, diz Bruno Diesel Gellert, CEO da Peerdustry Usinagem Conectada, desenvolvedora da Cota Rápido, ferramenta baseada em tecnologias digitais.

Essas tecnologias têm colaborado com a digitalização da cadeia de usinagem, já que possibilitam cotação e compra de peças de forma totalmente remota, sem perda de eficiência. Outro benefício é a padronização da precificação, pois com o uso de ferramentas de alta tecnologia é possível sintetizar as diversas variáveis que compõem o preço de uma peça usinada, evitando disparidades. 

A simulação de diferentes cenários de cotação, também entra no combo de vantagens. Se antes as empresas aguardavam dias para cotação de um determinado lote de peças, agora é possível fazer isso, com variação de quantidades e volumes, em apenas alguns segundos. 

“A produção em lotes evita a repetição de custos de set up de produção, uma vez que a máquina é posta em operação uma só vez. Quando compramos maiores quantidades de peças usinadas, os valores unitários se tornam menores e, portanto, o desconto se torna maior. É preciso saber aproveitar a economia de escala”, conclui Gellert. 

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.