Notícias Corporativas

Consultoria A&M lança edital para programa de empreendedorismo social

DINO
Escrito por DINO
Junte-se a mais de 3.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre Data Science

Jovens de 18 a 29 anos, de baixa renda, residentes na cidade de São Paulo ou cidades adjacentes (até 50 km da capital), poderão se candidatar para as 60 vagas oferecidas para o projeto IMPULSO. O programa da consultoria A&M pretende fomentar o espírito empreendedor nas pessoas dessa faixa etária, preparando-as para atuações colaborativas, organizações de fluxo criativo e de trabalho, estimulando o pensamento crítico e a elaboração de técnicas e métodos de ação.

A inscrição é gratuita e pode ser realizada até às 23h59 do dia 16 de janeiro de 2023, através do formulário. Os candidatos deverão responder um questionário sócio econômico emocional, e fazer uma redação que responda às seguintes perguntas: “Se as competências e recursos te fossem garantidos, qual problema da sua comunidade você resolveria? Como?”

Os selecionados participarão de workshops online e 16 oficinas presenciais a cada quinze dias (um sábado e uma quarta-feira ao mês), no escritório da Alvarez & Marsal, em São Paulo. Eles terão aulas sobre design thinking, lean startup, construção ágil, modelagem de negócios, marketing digital, base de programação e análise de dados. A mentoria será dada pelos A&Mers, forma como a empresa chama seus colaboradores. Ao final, os projetos mais viáveis poderão ser selecionados para incubação no BizHub, área de inovação da consultoria. Os que alcançarem níveis satisfatórios de maturidade poderão ser selecionados para aceleração e investimentos.

“O IMPULSO faz parte de uma série de iniciativas que compõem a estratégia de investimento da A&M na longevidade do mercado de consultorias, compreendendo que é preciso construir diversidade e impacto social para criar um país mais coerente. O objetivo é desenvolver ideias e, principalmente, o espírito empreendedor em jovens que podem ter a carreira da vida mudada com a aquisição de novas competências”, comentou Lilian Giorgi, diretora sênior de RH da A&M. 

O programa combina, em sua fase inicial, a diversidade dos pontos de vista individuais com a coleta de insights e migra, posteriormente, para atuações colaborativas à medida que seus proponentes adquiram competências e adaptem suas ideias iniciais a ponto de se tornarem negócios sociais com potencial para investimento, gerando impacto positivo no cenário nacional, sobretudo em suas respectivas comunidades.

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.