Notícias Corporativas

Com ajuda da tecnologia é possível vender mais na Black Friday

DINO
Escrito por DINO
Com ajuda da tecnologia é possível vender mais na Black Friday
Junte-se a mais de 3.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre Data Science

A Black Friday é uma das datas mais significativas para vendas em todos os setores. Em 2021, gerou um faturamento de R$ 5,8 bilhões para o e-commerce e um crescimento de 1,7% em relação ao mesmo período de 2020, conforme dados da Ebit|Nielsen. O mesmo estudo indica que o ticket médio aumentou e a expectativa é que esse ano, a Black Friday, que ocorre dia 25 de novembro, gere muito mais resultados.

Uma pesquisa realizada pela Globo, mostra que 50% dos consumidores afirmam que pretendem comprar algum produto na Black Friday, um crescimento de 3% em comparação com 2021. Na classe A, esse número é ainda maior, 65% pretendem realizar alguma compra.

A intenção de compra por produto indica que 34% das pessoas pretendem comprar roupas e calçados, 32% pretendem gastar com alimentação e bebidas e 26% preferem investir na educação, com cursos e escolas.

O estudo também menciona que não só o consumo aumentará na Black Friday, mas também em outras datas importantes no segundo semestre deste ano, como Dia das crianças, Copa do Mundo, Natal e Réveillon.

O crescimento do e-commerce se destacou em 2021, sendo o canal que mais houve compra, inclusive através de aplicativos.

“Existe muita oportunidade para todos os segmentos e portes de negócios, porém, para que a experiência do consumidor seja completa, estar em todos os canais integrados é muito importante”, menciona Ricardo Nunes, CEO da TRIYO Tecnologia.

O estudo do Google indica que as vendas nos estabelecimentos físicos, por exemplo, cresceram 3,5 vezes na sexta-feira de ofertas em relação às outras sextas-feiras do ano. Ser uma empresa omnichannel será um dos pontos chaves na Black Friday.

Os clientes começam a pesquisar itens para a Black Friday até um mês antes, portanto, a infraestrutura de vendas, marketing e sistemas deverá estar preparada para esta demanda antes disso. No mercado competitivo, as empresas precisam se diferenciar oferecendo a melhor experiência de compra aos consumidores, seja na diversidade de produtos, preços, parcerias, agilidade de entrega e atendimento pós-venda. Ou seja, a estratégia deverá estar alinhada com todos os departamentos dentro da empresa: marketing, logística, comercial, revenue management, atendimento, financeiro, estoque e logística.

Vale lembrar alguns pontos que necessitam ser estruturados para que a empresa aumente as vendas na Black Friday:

  • Planejar com antecedência as estratégias de vendas, preço e marketing e alinhar todo o processo com a equipe.
  • É importante ter um estoque de acordo com a demanda esperada. Para isso, é fundamental analisar o mercado e dados dos anos anteriores para estimar quanto se espera vender.
  • Planejar a logística para ter agilidade e assertividade na entrega dos produtos, assim, o consumidor poderá ter uma boa experiência de compra.
  • Analisar o mercado e histórico de compras dos clientes vai ajudar a empresa a entender quais produtos terão maior probabilidade de compras e assim, promover promoções e descontos mais atrativos aos clientes. Com a ajuda de um bom CRM, essa tarefa fica automatizada e com mais segurança das informações para a tomada de decisão.
  • Investir na divulgação, pois de nada adiantará ter estoque e sistemas e não divulgar.
  • Ter presença em todos os canais que o consumidor está, seja e-commerce, loja física, marketplaces, revendedores, etc. Quanto maior o seu modo de distribuição, melhor a visibilidade do negócio e experiência do consumidor.
  • Disponibilizar vários meios de pagamento é uma boa estratégia para aumentar as vendas.
  • Organizar a operação em uma única plataforma como o sistema ERP vai auxiliar o negócio a ter as informações centralizadas e processos automatizados que agilizarão a operação, diminuirá erros e falhas de comunicação, além de sobrar mais tempo para os colaboradores focarem seus esforços em atividades estratégicas.

O ERP é um sistema integrador de processos que otimiza a gestão estratégica e inteligente do negócio. Segundo Ricardo Nunes, CEO da TRIYO Tecnologia, o ERP ajuda muito em toda a operação:

– Gestão de estoque: todas as informações sobre o estoque ficam centralizadas no ERP e a empresa controla a entrada e saída das mercadorias e, disponibilidade e entrega para melhor logística.

– Planejamento de vendas: é possível gerar diversos relatórios sobre o comportamento do consumidor (ticket médio, fluxo de vendas, sazonalidade, entre outros), e com isso, as equipes têm mais informações para criar campanhas promocionais mais assertivas.

Integração de dados: Integração do sistema ERP aos marketplaces. Assim, as ofertas e disponibilidade dos produtos estarão sempre atualizadas com dados reais em todos os canais de vendas.

Otimização na emissão de Notas fiscais: o ERP automatiza e agiliza o processo de emissão de notas, disponibilizando as informações necessárias para cumprir as obrigações legais de maneira muitos mais simples.

Gestão Logística: a ferramenta ERP ajudará a empresa a realizar uma boa gestão do pedido em processo, atualizando os status como separação do produto, empacotamento, despacho, transporte e entrega.

Melhoria no atendimento ao consumidor: com todos os processos organizados e informações disponíveis, fica mais fácil para a empresa atingir maior excelência no atendimento do seu cliente.

Integração com e-commerce: o ERP pode ser integrado facilmente ao e-commerce aumentando a otimização dos processos. A integração é um dos pontos chaves para uma melhor comunicação e centralização das informações. Trata-se do processo de conectar um sistema a outro para que eles trabalhem juntos com o objetivo de reunir todas as informações existentes em um único lugar.

O ERP ainda pode ajudar em muitos outros processos e estratégias dependendo das necessidades de cada companhia. E, para as empresas que querem vender mais, otimizar seus processos e oferecer uma melhor experiência aos seus consumidores, possuir um sistema de gerenciamento é fundamental.

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.