Notícias Corporativas

Black Friday e Copa: eventos pretendem movimentar economia

DINO
Escrito por DINO
Black Friday e Copa: eventos pretendem movimentar economia
Junte-se a mais de 3.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre Data Science

Pela primeira vez a Black Friday acontecerá junto à Copa do Mundo, que ocorre este ano no Qatar a partir do mês de novembro. O evento de descontos está marcado para o dia 25 do próximo mês, data que pretende movimentar a economia significativamente. Segundo a pesquisa “Consumo para o 2º semestre 2022”, da Behup, 50% das pessoas afirmaram que pretendem comprar algum produto durante a Black Friday. 

De acordo com o mesmo levantamento, que entrevistou cerca de 2 mil pessoas, 56% confirmaram que vão comprar algum item por conta do Mundial de futebol. A intenção de compra durante o evento esportivo apresenta que o setor que tem mais representação é o de Roupas e Acessórios (20%). Em consonância, esses produtos são os mesmos que apresentam maior disposição para consumo durante a própria Black Friday (34%). 

Para Guilherme Bastos, fundador e CEO da Ray Consulting, startup especializada em inteligência de dados, a soma dos eventos resulta em possibilidades para ambos os lados. “Será uma oportunidade única para empresas, lojas e e-commerces que souberem construir ações promocionais interessantes para os consumidores. Isso pode potencializar o faturamento desses lojistas e empresários”, comenta. 

Para os e-commerces, por exemplo, os dados coletados parecem animadores. Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Reclame Aqui, quase 70% dos entrevistados pretendem comprar pela internet. O relatório ainda traz uma perspectiva de que o público estaria antenado no vaivém dos preços praticados pelas lojas, buscando encontrar descontos mais significativos em eletrodomésticos, eletroportáteis e eletrônicos. 

“É importante, para os empresários, considerar os acontecimentos do ano e também os dados coletados por pesquisas confiáveis. Essa análise prévia pode ser um diferencial para qualquer negócio”, afirma André Maranhão, fundador e CSO da Ray Consulting. 

Em comparação com a intenção de compra durante a Copa, esse mesmo segmento de produtos, os eletrônicos, está em segundo lugar na lista de preferência dos consumidores (15%). Os artigos esportivos, que compreendem camisetas de seleções, ficaram em sexto lugar no ranking (12%). 

“Vimos nas pesquisas que uma porcentagem considerável de pessoas pretende comprar itens em função da Copa, mas também querem adquirir produtos na Black Friday. Ou seja, o consumidor parece estar esperando pelas condições especiais que esses dois eventos podem proporcionar”, pontua Guilherme Bastos.

Além dos dados positivos em relação ao faturamento do setor para o segundo semestre do ano, a pesquisa da Behup também aponta que os brasileiros têm expectativas quando o assunto é dinheiro. Cerca de 47% das pessoas esperam que a vida financeira melhore durante esse período. 

“Empresários devem atentar-se a esse tipo de informação, o brasileiro pode estar disposto a gastar, mas é preciso que a compra valha a pena. As semanas que precedem esses eventos são decisivas para engajar o consumidor”, finaliza André Maranhão.

Licença de uso do conteúdo.

O conteúdo do Portal ABRACD.org foi escrito sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.